1 de janeiro de 2009

Junho

01/06/08: Pena que essa semana acabou. Tive um bom vôo de Albuquerque pra Denver, mas de Denver pra NYC, qdo já estávamos perto do aeroporto pra aterrisagem, teve uma turbulência terrível, o avião subia e descia e pensei q naquela hora eu ia morrer... mas não foi dessa vez, graças a Deus, ainda quero casar! Kkkkk
I’m tired, but this week was worth. It was AWESOME!!!!

03/06/08: O computador lá em casa tá bichado, eis porque estou sem notícias. Minhas aulas começaram na Seton Hall University ontem. Tem 2 brasileiros na minha turma.
O carro que uso tá com um problema aqui e já tinha dito pra eles antes de viajar, pois passou 1 semana e continua do mesmo jeito...
G pediu pra eu não ligar que ele não é mais a mesma pessoa... Não sei até qdo vou agüentar essa situação, tô sofrendo muito com isso.

05/06/08: Sei que talvez eu esteja pirando demais com toda essa situação com G, mas ele não quer falar comigo e eu não gosto disso. Tenho me sentido muito sozinha, mesmo assim tenho que agüentar firme, não posso fingir que 2008 não existiu e que nada tá acontecendo. Só queria que meu namorado estivesse comigo, e com isso não necessariamente fisicamente, mas emocionalmente. Porém me sinto exatamente o oposto, me sinto longe do homem que amo...

06/06/08: C tava com uma menina no basement (de novo), pra vigiar fiquei no MSN na sala, o pai dele falou comigo como se estivesse me responsabilizando por isso (como é que é?). Depois de 1 tempo fui ver e eles já estavam no quarto, falei pra ele por favor descer e ele ficou com a cara de um bicho (aff). Essa semana foi “depressante” (depressão+stressante), mas tenho q encarar essa experiência como a de Ester.

10/06/08: Se ontem foi um dia cansativo e estafante; o dia de hoje foi pra não esquecer, e não um dia inesquecível (e eu nunca tinha atentado para o jogo semântico que pode ser feito entre essas 2 expressões).
Depois de minha louca corrida pra chegar na aula a tempo, foi a vez da corrida pra voltar e o que me espera? Ou melhor, o q não me espera??? O carro que eu tinha deixado estacionado no Burger King não estava mais lá, nessa hora eu freaked out total, chorei e liguei pra todos que podiam me ajudar, mas só comecei a raciocinar depois que me acalmei e então pude resolver a situação, e resolvi sozinha com a ajuda da Camila que me emprestou os $210 pra liberar o bendito...

11/06/08: Semana mais “cagada” impossível. T não levantou hoje de manhã de jeito nenhum e o pai dele que já tava meio-assim comigo, ficou meio-assim e meio. Esse pequeno é um safado!
E à noite o mais velho simplesmente sumiu sem dizer pra onde tinha ido depois da escola e o pai dele ficou uma fera comigo.
Daí fui mexer na internet pra responder os recados de G e é então que a ficha caiu, mais da metade dos meu recados tinham sumido e eu pensando que o orkut apagava automaticamente as mais antigas, que nada! Apenas as msgs dele tinham sido deletadas, TODAS, até msgs de 2006... Cara, foi a gota d’água que faltava (agora entendo pq casais se separam por causa da pasta de dente apertada pelo meio). Não tenho estrutura emocional pra viver desse jeito. Pode parecer besteira pra quem tá lendo, mas na hora que percebi o q tava acontecendo senti como se ele estivesse me apagando, me deletando da vida dele. Aquelas eram MINHAS lembranças, MEUS recados, MINHA vida.

12/06/08: Depois de tentativas frustradas de jogar água na cara de T, descobri 1 ponto fraco nele: cutucão na costela, num instante ele levantou da cama xingando tudo e todos e eu me segurei pra não rir.
Liguei pra G e ele tá me pedindo perdão de todas as formas, mas nossa conversa foi: encerrar esse capítulo do nosso relacionamento e começar o da amizade e orar pra q Deus nos oriente sobre o que fazer daqui a 8 ou 9 meses. Acho q foi justo pra nós dois, ele não soube lidar com a distância e tava se magoando e me magoando.

17/06/08: REFLEXÃO SOBRE PERDAS: Perdi um montante de dinheiro com o guincho do carro e perdi o namorado. Essas 2 situações têm sido as mais difíceis e a segunda a mais dolorosa. Perdi a paciência com esses meninos daqui e às vezes perco a paciência comigo mesma.
Nesse dia fiz a pergunta que me assombrou por um bocado de tempo: What else? Oh boy, oh boy! Eles pediram rematch, alegaram que os meninos estão se aproveitando da minha personalidade calma e doce (????????????????) Eles querem um capitão Nascimento???? E o sem-vergonha de 15 anos continuou dando trabalho pra levantar de manhã. Rematch te deixa uma pilha, ainda mais com outras mil coisas acontecendo ao mesmo tempo

23/06/08: Fechei com uma família em Hunt Sta, Long Island, NY. São 3 meninos de 11, 10 & 6 anos, o schedule foi o q me atraiu, off nos FDS e à noite depois q a mãe deles chegar do serviço, vou ser a primeira au pair e não vou ter carro dessa vez. Estou esperançosa que dê certo, mas se me injuriarem muito eu crio coragem de sair dessa agência.
Mesmo assim tenho me sentido desanimada, mas pelo menos saí pelo mundo, batalhei por algo, isso faz diferença na vida de qualquer pessoa.

26/06/08: Tô muito cansada, triste, magoada e ferida, como eu pensei, G agora está jogando a culpa em mim. Durante 5 meses tentei reaproximação, tentei manter o que tínhamos, eu tinha certeza que me casaria com ele assim que voltasse pra casa em 2009 e ele jogou todos os meus sonhos e planos no lixo, Se afastou e me afastou. Agora só porque pediu perdão acha que tudo vai voltar ao normal num passe de mágica? Agora é hora de passar da teoria pra prática, quero ver vivendo tudo que tem me dito.
Meu problema: Amar demais e sempre amar.

30/06/08: Fui em Newark NJ e comprei 1 caixa de bis, desodorante rexona ebony, óleo de amêndoas paixão, comi coxinha (das boas), pastel de frango c/ catupiry, refresco de caju e levei 5 pães de queijo pra casa. Fiquei tão feliz!!!!!!!!!!!
  • Stumble This
  • Fav This With Technorati
  • Add To Del.icio.us
  • Digg This
  • Add To Facebook
  • Add To Yahoo