398 anos de São Luís

Vista aérea do Centro Histórico de São Luís

Antes de mais nada tenho que esclarecer uma coisa: Eu NÃO nasci em São Luís, sou maranhense sim, mas nasci numa cidade a 60 km da capital chamada Santa Rita onde só vivi meus primeiros 10 meses de vida e os meses de férias na casa dos avós. Mas isso não me faz menos ludovicense do que o nascido na Ilha, portanto como filha adotiva dessa cidade tenho que fazer minha homenagem.

Eu vi São Luís pela primeira vez aos 7 anos de idade, não lembro exatamente o que foi minha primeira imagem da cidade, mas tenho flashes dos ônibus, da feira do João Paulo, do Cohatrac (quando as ruas ainda eram com aquelas pedrinhas pequeninhas), os refrigerantes Jesus e Jeneve (este está extinto) e do Estádio Castelão em toda sua glória (como esquecer dos bingos do Zé Raimundo ou dos clássicos Sampaio X Moto?).  
Foi lá que fui à praia pela primeira vez (e até à noite eu ainda tinha a sensação das ondas nas minhas pernas magricelas). Me apaixonei pela juçara (açaí pra vocês), bacuri, buriti, farinha d'água e camarão. Morei em São Luís de meados de Fevereiro de 1991 a meados de Janeiro de 2008 (quase 17 anos, minha vida inteira por assim dizer). Isso deixou uma marca imutável em quem eu sou não importa em que parte do mundo eu esteja.

Vista aérea do complexo esportivo do Castelão

 São Luís é considerada a única capital brasileira fundada pelos franceses em 8 de setembro de 1612  (há controvérsias que não são mencionadas na História oficial). Localiza-se na ilha Upaon-Açu (denominação dada pelos índios tupinambás significando "Ilha Grande"), no Atlântico Sul, entre as baías de São Marcos e São José de Ribamar. 

As principais praias da capital maranhense são: Praia Ponta d’Areia: é a mais visitada pela população e pelos turistas, devido ao fácil acesso, encontra-se a apenas três quilômetros do centro da cidade. Praia de São Marcos: destaca-se por suas fortes ondas, e é bastante procurada por surfistas. Praia do Calhau: é uma das praias mais conhecidas da capital maranhense, apresenta ondas fracas e dunas cobertas por vegetação. Praia Olho d’Água: localiza-se a 13 quilômetros do centro da cidade, é cercada por dunas e vegetação rasteira. Praia do Meio: localizada entre as praias de Olho D´água e Araçagy, possui águas límpidas e próprias para prática de kitesurf.
Com exceção de alguns trechos da praia do Araçagy (minha preferida!), nenhuma outra - Ponta d’Areia, Calhau, São Marcos e Olho d’Água - está em condições para banho. Principal causa: lançamento de esgotos não tratados (o que é uma vergonha, já que isso é um problema mais antigo do que eu e que portanto já poderiam ter encontrado uma solução se quisessem).

Pôr do sol em São Luís


Mas... o post é pra falar de coisa boa, falar do que sinto falta estando longe, falar das minhas lembranças. 
Por que São Luís é importante pra mim? Porque é meu ponto de partida e meu ponto de chegada. Porque é o lugar que sempre vou chamar de lar, de minha casa. Porque é onde meu  coração está. Onde estão pessoas que eu amo e que são importantes pra mim.
Por isso hoje, São Luís, essa é minha singela homenagem. Parabéns por esses 398 anos de existência. Pois, "jamais te esquecerei, São Luís do Maranhão".



PS: alguns dados foram retirados do Wikipédia.

This entry was posted in ,,. Bookmark the permalink.
Tecnologia do Blogger.

Ads 468x60px