3 de setembro de 2010

Pega ladrão!

Ei, já parou para pensar? Em que ano estamos? Mês? Qual acontecimento importante em nosso país? Você liga a TV e está lá em todos os canais (não, não é o carnaval).
Ah, sim. A inspiração para esse post? Já sacou?
ANO DE ELEIÇÃO (de novo, novamente, toda hora).

Antes de mais nada é super estranho escrever sobre  isso aqui porque minha política é exatamente não discutir política.
Meu objetivo com esse post é desabafar e questionar, não vou defender ou criticar nenhum candidato ou partido (já fiz muito isso no passado e depois fui eu que fiquei com cara de tacho). Se bem que eu podia falar sobre a situação do Maranhão com aquela família que vocês sabem... Talvez eu fale em outro post. Talvez.

Será que sou a única pessoa enojada e saturada com o cenário político brasileiro? Será que sou a única decepcionada e sem esperança? O pior de  tudo? A resposta para minhas perguntas é... NÃO!
Eu não defendo o comunista (se é que ainda existe algum no sentido original da palavra), nem o capitalista nem o anarquista, nem os outros ISTAS que estão soltos por aí.

Apesar de estar fora  do Brasil, sou obrigada a votar para presidente. Ei, se vivemos numa democracia por que somos obrigados a votar? E se fosse uma escolha nossa, alguma coisa seria diferente?
Dia 3 de outubro, mais uma vez nós estaremos exercendo nossa cidadania (cidadania?????). Vamos escolher quem vai nos representar por mais 4 anos. Você está preparado? Já fez sua escolha?

Não é apenas Votar ou não votar? Eis a questão. Seria mais fácil se fosse tão simples quanto parece.
A música que dá título  ao post segue abaixo. Não preciso dizer mais nada.

  • Stumble This
  • Fav This With Technorati
  • Add To Del.icio.us
  • Digg This
  • Add To Facebook
  • Add To Yahoo