29 de março de 2011

Desafio Literário 2011 (Março): "The Grapes of Wrath"

ROMANCE ÉPICO

Título original: The Grapes of Wrath
Título em Português: As Vinhas da Ira
Autor: John Steinbeck
Ano de lançamento: 1939
Edição lida: 1992
Páginas: 464 




 As Vinhas da Ira é um romance sobre a dignidade humana em condições desesperadas. Entre 1930 e 1939, as grandes planícies do Texas e do Oklahoma foram assoladas por centenas de tempestades de poeira que causaram um desastre ecológico sem precedentes, agravaram os efeitos da Grande Depressão, deixaram cerca de meio milhão de americanos sem casa, e provocaram o êxodo de muitos deles para o Oeste, nomeadamente para a Califórnia, em busca de trabalho. Quando os Joads perdem a quinta de que eram rendeiros no Oklahoma, juntam-se a milhares de outros que ao longo das estradas se dirigem para  o Oeste, no sonho de conseguirem uma terra que possam considerar sua. E noite após noite, eles e os seus companheiros de desdita reinventam toda uma sociedade: escolhem-se líderes, redefinem-se códigos implícitos de generosidade, irrompem acessos de violência, de desejo brutal, de raiva assassina. Este romance que é universalmente considerado a obra-prima de John Steinbeck é o retrato épico do desapiedado conflito entre os poderosos e aqueles que nada têm, do modo como um homem pode reagir à injustiça, e também da força tranquila e estóica de uma mulher. As Vinhas da Ira é um marco da literatura norte-americana. (Sinopse disponível no Skoob)


Tentei ler esse livro em português ano passado também para o Desafio, mas a versão em ebook que eu tenho tinha uma letra tão minúscula que acabei desistindo no segundo capítulo. Esse ano com a oportunidade de ler algo épico, aproveitei para tentar novamente, já que ele é considerado um épico naturalista também.
Nunca tinha lido nada de Steinbeck, apesar da minha professora de Literatura Inglesa ter me indicado esse autor há anos atrás, e na verdade no início dessa leitura eu achei que não iria gostar ou que acabaria desistindo novamente.

Mas a história deu uma guinada que quando percebi eu queria e precisava terminar o livro. Sabe aqueles livros emocionalmente pesados? Gente, quanta injustiça nesse mundo! Quanta maldade espalhada pela face da Terra! Enquanto eu lia, lembrei muito de Vidas Secas, esse livro tem o mesmo teor dramático da vida  dos retirantes nordestinos fugindo da seca. Existe coisa mais triste do que um pai de família ver seus filhos passando fome e não ter como alimentá-los??? Ou uma mãe fazendo o impossível para que o restinho de comida que ela tem possa render e alimentar toda a família???

Lembre-se de quem bebeu do fel amargo de uma taça
Que ainda existe quem torça pra assistir a uma desgraça
E dos fariseus, que engordam com aquilo que é nosso
E dos mercenários que cobram pra nos dar o que é de graça¹

Resumidamente temos o retrato da sociedade capitalista pós-Grande Depressão de 29. Os ricos se mantiveram ricos enquanto os pobres mendigavam de fazenda em fazenda à procura de trabalho sendo explorados com salários ínfimos e preços exorbitantes. Qualquer semelhança não é mera coincidência. Quem nunca viu ou leu sobre um monte de laranjas (ou leite ou qualquer outro tipo de alimento) jogado em algum lugar e tocado fogo ao invés de ser doado para quem não tem? Ou alimentos apodrecendo nos barracões do governo?

"Nosso povo é um povo bom; nosso povo é gentil. Peça a Deus que um dia pessoas boas não sejam todas pobres. Peça a Deus que algum dia uma criança possa comer. E a Associação de Donos [das propriedades] sabia que algum dia as orações cessariam. E então seria o fim." (tradução livre do trecho na página 239)

Sei que eu poderia ter feito uma resenha bem mais "científica" sobre esse livro, analisar as simbologias e tal, MAS não! Fiquei tão... impressionada e triste que simplesmente não consigo. Tô fora de forma, né? rsrsrs
Antes que eu comece a chorar aqui em cima do teclado, vou encerrar com uma citação da página 435:

"O despedaçamento nunca viria enquanto o medo pode se tornar em ira."



¹Vou me lembrar, Banda Resgate.

28 de março de 2011

Para meus sobrinhos

Hoje mais um bebezinho adentrando nosso mundo e nossa família. Estou programando esse post para a hora em que o irmãozinho do Lucas estiver nascendo em São Luís, Maranhão, Brasil.
A emoção de ser tia pela segunda vez está sendo a mesma que da primeira. Agora a emoção de ouvir a vozinha do Luquinhas pelo telefone e Skype dizendo: Alô, titiaaaa! é nova e incomparável.

Mesmo distante fisicamente, quero que vocês saibam que a tia Nininha ama muito muito muito cada de um vocês. Meu coração, meu amor e minhas orações estão bem juntinho de vocês.




 SEMENTES
Brooke Fraser
Noite
Campo de estrelas sobre nós
Você pega uma
Nós a moldamos com nossos dedos entrelaçados

Sementes de cada geração
Entre nossas mãos
E a promessa de te ensinar o pouco que tenho aprendido
até agora

Fillho
Você viverá para fazer o quê?
O que eu tenho deixado pra você?
O que deixaremos para trás?

Você
Aprendendo conforme está crescendo
Mas ainda não sabe
que o mundo não é sempre tão belo
quanto é agora

Noite
Campo de estrelas sobre nós
Eu peguei uma e a nomeei para você
e para todos que estão por vir

19 de março de 2011

Cenas da vida real III




Quem já foi criança (teve infância ou ainda está vivendo a sua) sabe do que vou falar hoje. Principalmente se você tem irmão(s).
Ter a última palavra era sinal de poder, não era?

-Cala a boca!
-Eu disse cala a boca!
-Cala a boca você.
-Cala a boca.
-Calado.
-Calada.
-Cala.
-Cala agora.
-Quem falar vai comer bosta de rato.
-Quem vai comer é tu mesmo.
-Vai comer bosta de rato!
-Tu que vai.
-Tu que falou primeiro.
-Cala a boca e urubu levou a chave...

Isso poderia se repetir até um dos dois se cansar OU no pior dos casos um dos pais se estressar com aquilo e botar todo mundo de castigo.

Na estação de metrô um senhor e uma mulher:
Senhor: Vai cuidar da sua vida!
Mulher: Obrigada por ocupar toda a escada
Ele: Vai cuidar da sua vida!
Ela: Obrigada por ocupar toda a escada.
Ele: Vai cuidar da sua vida!
Ela: Obrigada por ocupar toda a escada
[vozes se elevando enquanto eles se afastam]
Ele:Vai cuidar da sua vida!
Ela: Obrigada por ocupar toda a escada.
Ele:Vai cuidar da sua vida!
Ela: Obrigada por ocupar toda a escada.
[os dois seguiram seus respectivos caminhos ainda murmurando]
Ele:Vai cuidar da sua vida!
Ela: Obrigada por ocupar toda a escada.

EU: Oh, calem-se! Calem-se! Calem-se! Vocês me deixam louca!!!!(Sério!)

12 de março de 2011

Sorteio sem sorteio

Outro dia de madrugada anunciei no Twitter que eu ia enviar um 1 livro de presente para a pessoa que mais comentou nos posts do mês de Fevereiro.
EU NÃO ESQUECI!!! E eis que venho cumprir minha promessa.
Como ganhei dois livrinhos sobre paz financeira porque não dar um para alguém???

Vamos aos comentaristas:
Rejane e Mi Müller: 3 vezes cada
Vivi: 5 vezes
Cíntia: 6 vezes

É, Cíntia e Vivi ficaram bem pertinho, mas dona Bandida ganhou!!!
Cíntia, me avisa se teu endereço é o mesmo do cartão postal que te enviei e claro dê o ar da sua graça. hehehe
Obrigada a todos os leitores e comentaristas do blog. E em breve, mais sorteios vindo por aí. Aguardem!!!


 

8 de março de 2011

Mulher...

Eu ODEIO mensagens de corrente. Nem adianta me enviar que eu não abro, vai direto para a lixeira, mas vez ou outra eu até recebo umas coisas decentes que valem a pena serem lidas.
Não sei se essa imagem foi em um desses emails/orkut/msn, mas gostei. Compartilho com vocês:


6 de março de 2011

Para minha mãe: Perguntas



Mais um post de homenagem para minha mãe. Outra canção que além de falar muito ao meu coração, representa palavras que quero dizer para senhora.
Hoje é seu aniversário. Portanto, aproveite!!!! TE AMOOOO MUITOOOOO!!!!

PS: Não achei um vídeo com essa música, por isso vou colocar as letras tanto em português como em inglês.


PERGUNTAS
Who are You God
Quem és Tu, Deus?
For You are turning out to be
Porque Tu estás provando ser
So much different than I imagined
Tão diferente do que eu imaginava
And where are you God
E onde estás, Deus?
Cuz I am finding life to be
Porque estou achando a vida
So much harder than I had planned 
Tão mais difícil do que eu tinha planejado
Know that I am afraid
Tu sabes que tenho medo
To ask these questions
De fazer essas perguntas
But You know they are there
Mas Tu sabes que elas estão lá

And if you know my heart
E se tu conheces meu coração
The way that I believe you do 
Do jeito que eu acredito que Tu conheces
You know that I believe in You
Tu sabes que eu acredito em Ti
Still I have these questions
Ainda assim tenho essas perguntas
Like How could you God
Tipo: Como Tu pôde, Deus?
How could You be so good and strong
Como Tu pôde ser tão bom e forte
And make a world that can be so painful
E fazer um mundo que pode ser tão doloroso?
And where were you God
E onde Tu estavas, Deus?
I know you had to be right there
Eu sei que Tu tinhas que estar exatamente lá
I know you never turn your head
Eu sei que Tu nunca virou tua cabeça

You know that I'm confused
Tu sabes que estou confuso
By all this mystery
Com todo esse mistério
You know I get afraid
Tu sabes que fico com medo
But if you know my heart
Mas se tu conheces meu coração
As completely as I trust you do 
Tão completamente como eu confio que Tu conheces
Oh you know that I trust in you
Oh Tu sabes que eu confio em Ti

Is it true
É verdade?
that for every tear I cry
Que para cada lágrima que choro
You cry a thousand more 
Tu choras milhares mais?
Cuz you weep for those that weep
Porque tu choras com aqueles que choram?

And are you, just holding yourself back
E Tu estás apenas Te segurando
From crushing all the pain and evil in this world
Para não esmagar toda dor e maldade nesse mundo
For reasons we just cant understand for now
Por razões que apenas não podemos entender por agora?
But isn't there a day of redemption coming
Mas não há um dia de redenção vindo?
Ohhh
Redemption is coming 
Redenção está vindo
Ohhh

Quickly Lord, come quickly
Rapidamente, Senhor, venha rapidamente
Lord, come quickly
Senhor, venha rapidamente
Ohhh
Ohhh

So who am I God
Então quem sou eu, Deus?
That you would raise me from the dust
Que Tu me levantarias do pó
To breathe your life and your love in me
Para soprar Tua vida e Teu amor em mim?
You know that I believe
Tu sabes que eu acredito...

5 de março de 2011

Para minha mãe: Nosso Deus está no controle



Já vinha planejando essa homenagem para a mulher mais linda e MELHOR mãe do mundo: a minha!!!!
E que momento mais certo do que no mês de aniversário dela??? Opa, É AMANHÃ!!!
Ofereço a mensagem dessa música pra senhora porque é exatamente o que gostaria de falar.
TE AMOOO MUITO e a saudade já passou do tamanho GG.

 NOSSO DEUS ESTÁ NO CONTROLE
Isso não é como deveria ser
Isso não é como poderia ser
Mas isso é como é
E nosso Deus está no controle
Isso não é como será
 Quando finalmente vamos ver
Vamos ver com nossos próprios olhos
     Ele sempre esteve no controle

E vamos cantar Santo, Santo, Santo é nosso Deus
E vamos finalmente, realmente entender o que significa
Então vamos cantar Santo, Santo, Santo é nosso Deus
Enquanto isso estamos esperando por aquele dia

Isso não é onde planejamos estar
Quando iniciamos essa jornada
Mas isso é onde estamos
E nosso Deus está no controle

Mesmo que este primeiro gosto seja amargo
Vai existir doçura para sempre
Quando finalmente provarmos e vermos
Que nosso Deus está no controle

E vamos cantar Santo, Santo, Santo é nosso Deus
E vamos finalmente, realmente entender o que significa
Então vamos cantar Santo, Santo, Santo é nosso Deus
Enquanto isso estamos esperando por aquele dia
Estamos esperando por aquele dia
Vamos nos manter esperando por aquele dia
E vamos nos levantar
Nosso Deus está no controle

Santo, Santo, Santo é nosso Deus
Ele está no controle