Outro 17 de Outubro


Eu não sei porque o homem bom vai cair
Enquanto o mau está de pé
E nossas vidas balançam 
Como bandeiras no vento
Eu não sei porque os inocentes caem
Enquanto os monstros permanecem de pé
E nossas vidas balançam
Como bandeiras no vento¹


Hoje quero pensar no tempo que passou, nas lembranças que ficaram, nas memórias que constroem meu caminho lentamente. Há dias mais difíceis, é verdade, mas minha esperança permanece.

Estou contando os dias até que eu veja
É tudo que Ele disse que seria
E até mesmo melhor do que nós acreditaríamos
E estou contando os dias até que Ele diga:
"Venha comigo" E finalmente nós veremos²



This entry was posted in ,,. Bookmark the permalink.
Tecnologia do Blogger.

Ads 468x60px