21 de abril de 2012

When Work & Family Collide, de Andy Stanley

VOCÊ SEMPRE VAI ENGANAR ALGUM DOS DOIS LADOS!
Isto dito, não entre em pânico!


Título: When Work & Family Collide*
Autor: Andy Stanley
Editora: Multnomah
Páginas: 145
Ano: 2011



Is Your Occupation Also Your Preoccupation?
Let’s face it.  With all the demands of the workplace and all the details of a family it’s only a matter of time before one bumps into the other.  And many of us end up cheating our families when the commitments of both collide.  In this practical book, Andy Stanley will help you...
• establish priorities and boundaries to protect what you value most.
• learn the difference between saying your family is your priority and actually making them your priority.
• discover tested strategies for easing tensions at home and at work.
Watch as this powerful book transforms your life from time-crunching craziness to life-changing success.
Includes a four-week discussion guide
Previously released as
"Choosing to Cheat".


Falando sério: Aparentemente, esse livro é para pessoas que já têm família (cônjuge, filhos e agregados) e ao mesmo tempo tem uma carreira "sugadora" de forças e energias...
Como eu disse, aparentemente. O livro serve para quem quer que seja que precisa aprender a usar seu tempo de forma inteligente e saudável. Porque não são apenas os recém-casados ou os pais com filhos recém-nascidos que enfrentam a temível pergunta: Como podemos ser bem sucedidos sem sacrificarmos nossos relacionamentos com aqueles mais próximos de nós (lê-se: família)???

Se ele apenas pudesse fazer tudo de novo
E trocar todas as longas noites que ele desperdiçou atrás da mesa de trabalho
Por tudo que ele perdeu.
Ele diz para sua esposa, eu queria que esse momento nesse quarto
Não fosse eu morrendo, mas apenas passando um pouco de tempo com você.

O que mais gostei sobre esse livro (e que prova que auto-ajuda, em 90% dos casos, é balela) foi o fato de que o autor é bem sincero ao afirmar que muitas vezes não é desorganização, ou uma agenda que precisa ser seguida à risca, ou que sua família exige muito tempo de você. Não! O fato é que não existe tempo suficiente para fazermos tudo aquilo que acreditamos (ou nos fizeram acreditar) que precisa ser feito. Por isso não tem como evitar: trabalho e família vão colidir mais cedo ou mais tarde, de uma forma ou de outra. CABUM!!!

Você só tem uma oportunidade para viver
Você só tem uma chance nisso
Uma chance de descobrir o que você não quer perder
Um dia quando tudo for dito e feito
Espero que você veja que foi o suficiente
Essa única caminhada, única tentativa
Uma vida para amar.

Ele fala sobre algumas estratégias utilizando exemplos reais de pessoas que conseguiram salvar seus casamentos e famílias antes que fosse tarde demais. E também, exemplos daqueles que não conseguiram porque os rancores e as mágoas criaram raízes tão profundas que foi impossível removê-los.
As estratégias não são uma "lista do que fazer" nem nada disso, são apenas mudanças de atitudes e comportamentos.
Como eu disse no início, não tem como fugir da pedra no caminho de Drummond, as mudanças que precisam ser feitas não são fáceis, porém o que realmente interessa é o que vai valer mais quando chegarmos ao fim das nossas vidas.
"Ninguém chega ao fim da vida e deseja que tivesse passado mais tempo no escritório. Você não vai ser o primeiro." (pág. 132)

E você? O que você quer alcançar/conseguir quando chegar ao fim de sua caminhada nessa vida? Como você lida com as ocupações do dia-a-dia e como sua família se relaciona com isso?

Música: One Life to Love - 33 Miles.

Deixe sua nota abaixo. Obrigada!

*Recebi este livro gratuitamente da WaterBrook Multnomah Publishing Group para esta resenha.
  • Stumble This
  • Fav This With Technorati
  • Add To Del.icio.us
  • Digg This
  • Add To Facebook
  • Add To Yahoo