2 de junho de 2012

Once Upon a Time (Primeira Temporada)

Era uma vez...
Uma nova série de TV cuja propaganda eu vi espalhada pela cidade, mas não me importei. 
Primeiro porque não tenho televisão, quer dizer, tem uma aqui no apartamento, mas como todo mundo trabalha o dia todo, todo dia, ninguém quer gastar dinheiro pagando TV a cabo, para não ter tempo de assistir.
Segundo, com tantos cartazes de séries e filmes, fica até difícil escolher algo só olhando. Apesar de que eu reconheci aquela atriz com cara de fofa de He's just not that into you e Something borrowed, mas pensei que seria mais uma das muitas versões da história da Branca de Neve (quantos filmes só esse ano?).

O tempo passou...
Não li nenhuma crítica nos jornais, mas comecei a ver alguma pessoas falando sobre a série, pessoas que compartilham o mesmo gosto literário que eu. Mesmo assim, essa pessoa aqui não tinha tempo de se viciar em outra série. Foram-se os tempos de Gilmore Girls, Everwood, CSI e Lost.
Até que lendo um post sobre construção de personagens e que citava essa série, eu não resisti e comecei a procurar o que tinha de tão bom nesse negócio que esse povo ficava falando. Hein? Hein?

Até que...
Somente o episódio piloto já me deixou com os olhos, mesmo sonolentos, grudados na tela do computador e uma vontade louca de ver o segundo, o terceiro, o quarto... Mas já era quase uma da manhã. Tudo bem, naquele momento eu sabia que queria ver o desenrolar (ou enrolar) dessa história.
Depois, descobri que eram os mesmos roteiristas de Lost (o fato de não ter gostado do final, não tirou a série da minha lista de favoritas de todos os tempos).
SPOILER: Por isso a maldição da Regina vem numa fumaça preta na Terra Encantada? E no fim da temporada, Storybrooke é invadida por uma (de novo) fumaça roxa? /FIM DO SPOILER.
O certo é que essa série, ou nesse caso, a primeira temporada pode ser classificada como "não pode ser resenhada" na minha humilde opinião de pessoa-que-não-tem-tempo-para-ver-televisão.
Acreditem! Para que eu gaste uma hora do meu precioso tempo na frente da TV, tem que ser algo MUITO, MUITO bom mesmo.

Puxem suas cadeiras ou seus banquinhos e preparem-se para uma aventura de contos de fada como vocês nunca viram, cheia de teorias das trevas conspiratórias.
Senhoras e senhores, com vocês...



  • Stumble This
  • Fav This With Technorati
  • Add To Del.icio.us
  • Digg This
  • Add To Facebook
  • Add To Yahoo