28 de julho de 2012

O inverno da minha alma



Você pode fugir para muito longe.
Você pode se esconder em um autoexílio onde ninguém nunca vai conseguir te encontrar.
Você pode sorrir, gritar. chorar, brincar, ser você mesmo.
Mas aquela dor profunda nunca é deixada para trás, ela é parte de você para sempre.

(...)
Escuto uma voz: "Você tem que aprender a se levantar sozinha porque eu não posso estar por perto para sempre"
Ele diz: quando você vai se convencer?
Quando você vai se amar tanto quanto eu te amo?
Quando você vai se convencer?
Porque as coisas vão mudar muito rápido
(...)
Eu te digo que sempre quero você por perto
Você diz: as coisas mudam, minha querida
(...)
Anos se passam e eu ainda estou aqui esperando
Perdendo o vigor onde algum boneco de neve esteve
 "Espelho, espelho meu", onde está o palácio de cristal?
Mas eu só consigo ver a mim mesma
 Patinando ao redor da verdade de quem eu sou
Mas eu sei, pai, o gelo está ficando fino
(...)
Tantos sonhos na estante
Você diz: eu queria que você se orgulhasse
Eu sempre quis isso também
 ("Winter" - Tori Amos)
  • Stumble This
  • Fav This With Technorati
  • Add To Del.icio.us
  • Digg This
  • Add To Facebook
  • Add To Yahoo