15 de maio de 2013

Mudança fail: a saga continua

Há dois anos atrás, eu e as meninas que moram comigo encontramos o apartamento quase perfeito: mais espaço, aluguel mais barato (veja AQUI). Não era exatamente uma cobertura com suíte e cinco quartos, mas era adequado, aconchegante, no térreo, como eu disse, quase perfeito. Achei que finalmente tinha encontrado o lugar do qual só sairia quando eu me casasse ou comprasse minha casa.

HAHAHAHAHAHA

Até que algumas semanas atrás a dona do prédio (Mrs. Murphy) pediu o apê de volta. A gente achou que ela estivesse miguelando, querendo alugar mais caro pra outra pessoa, etc, porém não, ela realmente não tem mais onde morar e precisa do nosso lugarzinho. 

Lá fomos nós à procura de outro local e nos deparamos com preços exorbitantes (inflação de mais de 200%, O.o), isso porque o nosso bairro nem é em Manhattan onde uma caixa de sapato custa $1000 e um APERtamento custa mais de $3000!!! Sim, isso mesmo, por mês!
Os bairros mais baratos são aqueles lá onde o vento faz a curva que é o mesmo lugar onde o Judas perdeu as botas.
Primeiro dilema foi o que pesaria mais: pagar o dobro ou viajar mais de 1h pra chegar ao trabalho?

Enfim, decidimos pagar o dobro e mudarmos para o terceiro andar (sem elevador) no mesmo prédio. 
E isso me levou ao dilema número 2: tenho mais livros do que consigo carregar escada acima. Quais manter e de quais me desfazer? 

Enquanto isso, preciso de repouso porque nessa batalha chamada mudança, eu sempre levo a pior (hematomas de novo e corpo com sensação de dengue).

Agora entendo porque algumas mulheres querem um marido rico =P
  • Stumble This
  • Fav This With Technorati
  • Add To Del.icio.us
  • Digg This
  • Add To Facebook
  • Add To Yahoo